Orgãos autárquicos
Obras
Informação autárquica
Heráldica
Contactos
NOTÍCIAS
HISTÓRIA
GALERIA
TURISMO
CARACTERIZAÇÃO
LOCALIZAÇÃO
LIVRO DE VISITAS
 
 
 
 
 
 
 
 
INFORMAÇÕES

O pároco tinha a designação de abade. Chamava-se Alexandre José Vieira. Foi ele que assinou as respostas ao interrogatório em 30 de Abril desse ano. Era natural do Porto e foi provido na freguesia por concurso, tendo tomado posse em Julho de 1757.

A freguesia era de cotação ordinária. Vagando, nos meses de Março, Junho, Setembro e Dezembro, o pároco era apresentando pelo Colégio da Companhia de Évora.

Era donatário da freguesia Francisco Luis Pinto Coelho Pereira da Silva, morgado da Casa de Simães. A renda da freguesia andaria, então, por uns 400$000.

As referidas Informações... de 1769 dizem a propósito da igreja, casas da residência e passais: «A igreja é bastante para a freguesia com capela-mor; sacristia, 3 aItares suficientes, o campanário com sineta.

As casas da residência são suficientes, e bons os passais».

Era natural desta freguesia o Rev. Doutor Manuel António Coelho da Rocha, grande civilista e professor da Universidade de Coimbra. Nasceu no lugar de Covelas, em 30 de Abril de 1793. Frequentou a Universidade de Coimbra onde foi professor. Faleceu em 9 de Agosto de 1850. É uma glória da freguesia.

Em Covelas, nasceu tambem o Rev. Manuel Francisco António da Rocha, formado em Cânones e Direito Civil. que em 1757 tinha 25 anos de idade.

Há algumas dezenas de anos, inventariamos na freguesia diversas mâmoas.

Abundavam nos montes da freguesia os lobos. As Memórias de 1758 informam que nas montarias realizadas nos primeiros quatro meses desse ano foram mortos sete desses animais.

S. Miguel do Mato pertencia às Terras de Santa Maria.
O recenciamento de 1981 dá a freguesia 979 pessoas: 474 do sexo masculino, e 505 do sexo feminino. Para as eleições da Assembleia da República em 1987 estavam inscritos 742 eleitores.
Votaram 530.

Arouca - Notas Monográficas